Inspiração (DRS)

A inspiração é uma regra que o DM pode usar para recompensar um jogador que tenha interpretado seu personagem segundo seus traços de personalidade, ideais, vínculos e defeitos. Usando a inspiração, você pode recorrer ao seu traço de personalidade “compaixão pelos oprimidos” para invocar uma vantagem na negociação com o Príncipe dos Mendigos. Ou a inspiração pode permitir que você se apoie em seu vínculo “proteger meu vilarejo natal” para superar o efeito de uma magia conjurada contra você.

Ganhando Inspiração


O DM pode conceder inspiração pelas mais diversas razões. Normalmente, como recompensa por você ter interpretado os traços de personalidade do seu personagem, retratado-o de forma convincente ou cedido aos inconvenientes de um defeito ou vínculo. O DM dirá como e quando você pode ganhar inspiração.

Uma inspiração deve ser usada no momento em que é recebida — não é possível acumular “inspirações” para uso posterior.

Usando Inspiração


Ao receber inspiração, você deve usá-la em uma jogada de ataque, teste de atributo ou salvaguarda. A inspiração lhe dará vantagem nessas jogadas.

Além disso, ao receber inspiração, você pode recompensar outro jogador por uma boa interpretação, por uma ideia muito inteligente ou simplesmente por fazer algo incrível no jogo. Quando outro personagem jogador faz algo que realmente contribua para a história de uma forma divertida e interessante, você pode abrir mão da sua inspiração, repassando-a para aquele personagem. 


Créditos

DRS – Documento de Referência de Sistema 5.1
Originalmente traduzido a partir do SRD (System Reference Document) 5.1, sob autorização expressa da Wizards of The Coast.
Imagem destacada da Wizards of the Coast


Agora temos material de D&D em português. Não perca a chance e adquira seus livros do jogo de RPG mais popular do mundo!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: