Análise de Ghosts of Saltmarsh

Hoje faremos uma análise em primeira mão do livro-ambientação-aventura Ghosts of Saltmarsh (Fantasmas da Salina), lançado hoje (22/05/2019) .

Salina é uma cidade de cerca de 5.000 habitantes que fica no Mar Azure do reino de Keoland, no Mundo de Greyhawk. A vila fica em uma região rica para a pesca, fazendo com que a cidade seja razoavelmente próspera. Há uma descrição de facções locais e também a base de uma legislação dentro da jurisdição das autoridades.

Ela tem sete mini-aventuras em ambientações aquáticas. Essas mini-aventuras servem como missões paralelas: O Segredo Sinistro de Salina, Perigo em Água Barrenta, Operação Salvatagem, Ilha da Abadia, O inimigo Final, O destino de Taummarut e Os Terçois. Elas foram desenhadas para serem aventuras isoladas. Dessa forma, há um capítulo descrevendo a a cidade, o Mar Azure e a região ao redor da vila. Para quem joga o cenário padrão de Forgotten Realms, vale dizer que há excelentes ideias de como estas missões paralelas se ligam a Faerûn pela outra série de Aventuras Histórias do Portal Bocejante.

 O Segredo Sinistro de Salina tem como tema uma investigação sobre um documento encontrado em um navio e que leva o grupo a desbaratar as atividades de um grupo de bandidos que atuam na região. Ela é relacionada com a aventura antiga The Sinister Secret of Saltmarsh de 1981.

Perigo em Água Barrenta é uma aventura para que o grupo tenha que lidar com criaturas canibais terríveis e que atacam tanto em terra, quanto no mar. Ela é relacionada com a aventura antiga Danger at Dunwater  de 1982.

Operação Salvatagem leva os aventureiros a resgatarem os tesouros de um navio afundado, levando a descobertas que se desdobrarão mais adiante. Ela é relacionada com a aventura antiga Salvage Operation de 2005.

lha da Abadia tem como missão reconquistar uma ilha importante para a defesa de Salina. Claro que os inimigos não vão entregar o lugar sem resistir. Ela é relacionada com a aventura antiga Isle of the Abbey  de 1992.

O inimigo Final consegue unir todas as facções locais para repelir um inimigo comum que tem o interesse de destruir Salina. Ela é relacionada com a aventura antiga The Final Enemy   de 1983.

O destino de Tammeraut é dado por uma pessoa que tinha contato com habitantes de uma determinada ilha. Faz tempo que eles não se comunicam e os aventureiros são chamados a descobrir o porque do silêncio. Ela é relacionada com a aventura antiga Tammeraut’s Fate  de 2004.

Os Terçois começa em uma cidade portuária arruinada por constantes contatos com piratas. Assim que os heróis chegam ao local, são envolvidos na trama. Ela é relacionada com a aventura antiga The Styes de 2005.

Com essa ambientação neutra, a WoTC busca trazer um local desenhado para um ambiente próprio (à beira-mar) e que seja apropriado de todos os mundos de D&D.Há até adaptações de Atividades de Tempo Livre e dos Antecedentes já existentes, trazendo os novos antecedentes de Pescador, Marujo, Construtor de Barcos e Contrabandista. Há ainda novos itens mágicos, apropriados para missões subaquáticas. Na parte dos monstros, há algumas criaturas novas e outras são replicadas de outros livros, para facilitação de uso em mesa; mesmo assim, isso faz um excelente bestiário no tema aquático.

O livro brilha mesmo ao trazer a ambientação aquática ao jogo. Há descrição de ambientes aquáticos, encontros nestes ambientes, descrição de navios e suas tripulações. O mais interessante parece ser mesmo a parte em que sã dadas estatísticas de navios e regras para combate náutico.

Vale muito a pena comprar este livro, pois tudo o que aumenta a descrição do cenário vale o investimento.Fora isto, há toda uma expansão das regras para ambientar aventuras em ambientes marítimos, aquáticos e subaquáticos. A WoTC acertou a mão ao trazer um texto leve, mas confesso que ao colocar Greyhawk como cenário principal, não me agradou. Afinal o cenário padrão é ou não é Forgotten Realms. Até entendo que há toda uma ligação com a aventura do Portal Bocejante, mas mesmo assim, Dragon Heist e Dungeon of the Mad Mage trouxeram definitivamente a Taverna para Águas Profundas. E Águas Profundas já tem todo uma temática de aventuras além da quebração das ondas. Não entendo o por que não enriquecer mais um cenário tão bem investido. De toda forma, o livro é lindo, com belas gravuras e excelentes regras e ideias. quem busca alguma aventura diferente e desafiadora para os jogadores, vai se encontrar neste livro,

Enfim, marujos, peguem seu embornal e TODOS A BORDO, QUE O NAVIO VAI PARTIR!

 


Créditos

Autor: Augusto Assad Luppi Ballalai

Referências

Ghosts of Saltmarsh. Wizards of the Coast: 2019.

The Sinister Secret of Saltmarsh, TSR: 1981.

Danger at Dunwater. TSR: 1982.

Salvage Operation. Dungeon Magazine #123, 2005

Isle of the Abbey. Dungeon Magazine #34, 1992.

The Final Enemy. TSR: 1983.

Tammeraut’s Fate. Dungeon Magazine #106, 2004.

The Styes. Dungeon Magazine #121, 2005

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. raul disse:

    alguma dessas aventuras tem o kraken como boss?

    • Augusto Ballalai disse:

      Bom dia Raul. Infelizmente não podemos dar spoilers das aventuras. Você pode procurar a aventura oficial como referência. Certamente o boss seria mantido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: