Facções de Chult, Parte I

por Augusto Ballalai e Daniel Bartolomei Vieira
Arte de Topo, “Porto Nyanzaru”, por Vincent Price

Muitas das facções de Faerûn também se estabeleceram em Chult, todas com seus próprios interesses no local, desde suas riquezas até conhecimento e poder. Os nativos também possuem sua própria facção. Todas as facções possuem agentes sempre procurando por oportunidades de vasculhar as selvas, e muitas delas oferecem serviços de guia para isso.

Aliança dos LordesLords’ Alliance

Aliança dos LordesPor toda Faerûn, a Aliança dos LordesLords’ Alliance é conhecida por ser uma coalizão de cidades e assentamentos que trabalham em conjunto para eliminar ameaças mútuas e melhorar sua prosperidade. Entretanto, os líderes da aliança colocam seus próprios interesses sobre os de seus parceiros, e seus agentes colocam a honra e glória de seus senhores acima de membros menos poderosos, o que torna a coalizão dispersa, para não dizer, estremecida.

Uma das poderosas figuras da Aliança dos LordesLords’ Alliance é o Grande Duque Ulder Ravengard de Portal de BaldurBaldur’s Gate, uma cidade-estado membro da aliança que possui muitos interesses em Chult. Como a bandeira de Portal de BaldurBaldur’s Gate está erguida em Forte BeluarianFort Beluarian, a aliança possui algum poder ali.

Outras cidades membros da Aliança dos LordesLords’ Alliance, tais como Águas ProfundasWaterdeep e Inverno RemotoNeverwinter possuem agentes em Porto NyanzaruPort Nyanzaru, onde tentam atrapalhar as tentativas de não membros da aliança, como Calimshan, Amn e Tethyr, de prosperar e expandir seu domínio sobre Chult. Estes agentes abertamente se colocam como representantes da Aliança dos LordesLords’ Alliance e colocam-se muitas vezes como embaixadores de suas cidades, mas empregam agentes mais secretos para descobrir quais são os planos de seus oponentes.

A Aliança dos LordesLords’ Alliance costuma patrocinar expedições por toda a península, sempre com o intuito de descobrir mais e mais tesouros e minas para explorar.

Enclave EsmeraldaEmerald Enclave

Enclave EsmeraldaOs sobrevivencialistas que compõe o Enclave EsmeraldaEmerald Enclave objetivam a preservação da ordem natural das coisas ao eliminar as ameaças anti-naturais. Sua luta maior é para que a civilização e as áreas selvagens não se destruam mutuamente, sempre buscando o equilíbrio.

Especificamente, a preocupação do enclave em Chult é proteger os habitantes da infestação desenfreada de mortos-vivos, que eles consideram anti-naturais. Muitos dos guias em Porto NyanzaruPort Nyanzaru e Forte BeluarianFort Beluarian se declaram abertamente associados ao Enclave EsmeraldaEmerald Enclave, enquanto outros são membros secretos ou simpatizantes dos seus objetivos.

No meio da floresta, o enclave mantém vários postos avançados secretos que usam como postos de observação e refúgios seguros, mas nunca como postos de batalha. No meio da selva, o Enclave EsmeraldaEmerald Enclave está sempre disposto a resgatar aqueles que estiverem em perigo, principalmente se enfrentando mortos-vivos.

HarpistasHarpers

HarpistasOs membros dos HarpistasHarpers são espiões e conjuradores que se opõe secretamente a qualquer abuso de poder e concentração de conhecimento e magia. Eles costumam trabalhar sozinhos ou em pequenos grupos, juntando informação, analisando a conjuntura política e ajudando os necessitados e oprimidos por baixo dos panos. Somente em situações extremas os HarpistasHarpers agem abertamente.

Um importante ex membro dos HarpistasHarpers, Artus Cimber, está escondido em Chult. Em sua posse está um poderoso artefato chamado Anel do InvernoRing of Winter, algo que preocupa os HarpistasHarpers, temendo que ele caia em mãos malignas. De modo a evitar isso, alguns espíões da facção se estabeleceram em Chult, principalmente em Porto NyanzaruPort Nyanzaru, para descobrir o paradeiro de Artus Cimber e proteger o anel. Até agora eles não foram bem-sucedidos.

Magos VermelhosRed Wizards de Thay

Magos Vermelhos de ThayOs Magos VermelhosRed Wizards, originários de Thay, uma magocracia, estão em Chult sob comando de seu Zulkir, o lich Szass Tam para roubar o Ladrão de AlmasSoulmonger que está em posse do lich Acererak. Se não conseguirem roubá-lo, eles precisam destruí-lo.

Ao chegar em Chult, ele se apossaram o Coração de UbtaoHeart of Ubtao e o estão usando como base. De lá, eles são liderados pela maga Valindra Manto SombrioValinda Shadowmantle, vasculhando pelas ruínas de Omu em busca do paradeiro do Ladrão de AlmasSoulmonger.

Confira a continuação deste artigo em Facções de Chult, Parte II.


Referências

PERKINS, C.; DOYLE, W.; WINTER, S. Tomb of Annihilation. Wizards of the Coast, 2017.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s